As centrais sindicais iniciaram a mobilização em suas bases para a manifestação convocada para a próxima segunda-feira (3) diante da Federação da Indústria de São Paulo (Fiesp), na Avenida Paulista.

Haverá uma concentração no Masp, às 9 horas, seguida de uma caminhada até a sede da federação, cujo presidente, Paulo Skaf, apoia o governo neofascista de Jair Bolsonaro. Ao lado de Paulo Guedes, o presidente promove uma política econômica entreguista, acelera o processo de desindustrialização e desnacionalização da economia, ofende a democracia, a soberania nacional e sacrifica os direitos e conquistas do povo brasileiro.

Araújo quer ver militância, amigos e amigas da CTB na Paulista

“Será um protesto da classe trabalhadora contra o desemprego, a desindustrialização e a entrega do patrimônio público à exploração dos grandes capitalistas, sobretudo estrangeiros. Um ato em defesa dos direitos sociais e da democracia”, declarou o presidente da CTB (Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil), Adilson Araújo.

“Orientamos toda a militância e os amigos da CTB a participar do esforço de mobilização e marcar presença segunda-feira pela manhã na Paulista”, arrematou o sindicalista.

 

Portal CTB