Considerado um jogo histórico da Copa Sinpro Goiás, a final entre Araguaia e Degraus, neste sábado, 02/12, foi marcada por situações inesperadas como gol olímpico, pênalti e gol de gaveta. A disputa foi lance a lance até o último minuto, o que resultou em cobrança de pênaltis com placar final de 3 x 2 para o Colégio Araguaia. Com essa conquista, o time se torna Bicampeão da Copa Sinpro.

 

SINPROGOIAS - COPA SINPRO0001

 

Desde o apito inicial do juiz, cada passe foi disputado à risca. Ainda no primeiro tempo, Colégio Degraus saiu na frente marcando o primeiro gol, mas isso não abalou o Colégio Araguaia que continuo firme na disputa pela taça.

No segundo tempo as emoções afloraram ainda mais com o segundo gol marcado pelo time do Degraus na cobrança de escanteio. Outro momento marcante aconteceu quando o jogador do Colégio Araguaia foi derrubado na pequena área e o árbitro marcou pênalti. Dada como certa a diminuição de diferença no placar, o gol foi evitado após brilhante defesa do goleiro do Degraus, Daniel Silva. Isso fez com que o desempenho do time Araguaia diminuísse por um tempo até que, inusitadamente, com um chute inesperado Bismark fez um gol na gaveta para o Colégio Araguaia e a partir de então, o rendimento do Degraus diminuiu abrindo oportunidade para que o Colégio Araguaia marcasse outro gol e levasse a decisão para os pênaltis com resultado final de 3 x 2.

 

SINPROGOIAS - COPA SINPRO0002

 

Diego Gibran, líder do Araguaia resumiu como foi a trajetória do time até a final. “Era objetivo nosso e que a gente vinha batendo na trave e nesse a gente consolidou que o time Araguaia realmente vem para a Copa Sinpro para jogar sério, para tentar ser campeão respeitando sempre também nossos adversários apesar das discussões que tem e que é normal em todos os jogos”, salientou.

O jogador também comentou a decisão da comissão organizadora envolvendo sua equipe. “Nosso time como o posicionamento foi colocado pelo nosso atleta na premiação, teve uma ressalva sobre a decisão que foi tomada pelo sindicato de suspender um atleta nosso, mas respeitamos a decisão, permanecemos no campeonato, competimos da forma correta e mostra que nosso time é um grupo, um grupo unido, que não depende só de um atleta para ser campeão”, destacou. E concluiu “Então nosso time está de parabéns por mais esse título, foi um jogaço, acho que foi a final mais disputada que houve na Copa Sinpro, quero agradecer a todos os atletas que fizeram um lindo jogo e é isso aí, Bicampeão!”, comemorou.

 

SINPROGOIAS - COPA SINPRO0003

 

Na premiação, Prof. Mardônio Pereira, delegado sindical e diretor da Fitrae-BC, entregou as medalhas e leu a carta enviada pelo ex presidente e consultor jurídico do Sinpro Goiás Prof. José Geraldo de Santana Oliveira, homenageado desta edição do campeonato, e que estava viajando a trabalho. Em suas palavras, ditas por Mardônio, Santana disse que “Essa iniciativa do Sinpro, de homenagear todos aqueles que fizeram parte de sua belíssima trajetória histórica – próxima de completar o seu jubileu de ouro-, como seus presidentes, ainda que com passagem modesta, como é o meu caso; além de ser digna de louvor e de indelével registro, permite aos que não são seus contemporâneos, revivê-la, em sua inteireza; soa como a sua recriação, tornando-a sempre presente, e, por conseguinte, perene”, destacou.

 

SINPROGOIAS - COPA SINPRO 20001

 

O presidente dos Sinpro Goiás e CTB –GO, Prof. Railton Nascimento Souza ressaltou que num momento tão difícil para o país, celebrações como esta são de grande relevância para a categoria. “Este momento é um momento festivo, de alegria. Foi um grande jogo, disputado… Parabéns aos professores do Colégio Degraus que jogaram com força e garra, e os docentes do Colégio Araguaia pela vitória e pela conquista”, parabenizou. O presidente também lembrou o cenário atual do país e comparou com o futebol. “Num momento mais grave do Brasil de ataques ao direito do trabalhador, uma reforma trabalhista que entrou em vigor e rasga os fundamentos da CLT e que coloca cada um de nós numa condição de luta. Acho que o esporte, o futebol simboliza exatamente isso. E agora esse governo golpista quer rasgas nosso direito de previdência e aposentadoria”, finalizou conclamando todos a luta.

 

SINPROGOIAS - COPA SINPRO0005

 

Além das medalhas e troféus, o time campeão recebeu um cheque de R$1.750 reais e o vice – campeão foi premiado com o cheque de R$ 1.250 reais.

 

Do Sinpro Goiás